Filmes,

Guardiões da Galáxia Vol.2 | Resenha

11:54 Amanda Hauane 13COMENTÁRIOS

Guardians of The Galaxy Vol. 2 (2017)
Direção: James Gunn
Roteiro: James Gunn, Dan Abnett
Elenco:  Chris Pratt, Zoe Saldana, Bradley Cooper, Dave Bautista, Vin Diesel, Karen Gillan, Michael Rooker, Kurt Russell, Pom Klementieff, Elizabeth Debicki
Ficção Científica - 12 anos - 136 min
Trilha Sonora Original: Tyler Bates

Esse post é especial, muito especial.
Que eu só fã de super-heróis, não é segredo nenhum, mas que eu goste dos Marvel, já é uma outra história. (hahaha brincadeirinha).


Há duas coisas que vocês precisam saber antes que eu comece essa resenha.
1. Eu prefiro da Dc.
2. Eu nunca havia ido ao cinema.

Era sempre uma surpresa dizer que EU, uma pessoa que ama filmes, faz resenhas, e sabe (quase) tudo sobre esse universo, nunca tenha entrado em um cinema, mas infelizmente essa era a minha realidade. Eu moro e sempre morei no interior, e isso significa que não há cinemas na região, por conta disso eu criei expectativas para que quando acontecesse fosse perfeito, e na minha cabeça já estava acertado que seria um filme da Dc, de preferência que fosse da Mulher maravilha.


Só que a vida (@Deus) decidiu intervir, e então me vi em um dilema, assisti ou não assisti ao filme que eu não havia planejado, joguei fora o orgulho e entrei naquela sala acompanhada de três amigos, já que as minhas amigas preferiram ir fazer compras, não fez falta, pois quem estava do meu lado entendia as referências, e isso era tudo que eu precisava no momento, e um saco de pipoca também.

Não preciso dizer que a atmosfera da sala é encantadora, que o 3D me fez sentir dentro do filme, e que nada se compara com a magia do cinema.

Sobre o filme

Guardiões da Galáxia 2 é um filme leve, assim como o primeiro ele me surpreendeu, pois eu não esperava muito dele. Ainda com a missão de proteger toda a galáxia, mas dessa vez é uma tentativa de salva-la dos seus próximos sentimentos, a turma embarca em uma aventura sentimental, mas sem a pieguice do romance, focando nos laços familiares.


O filme já dá indícios de que vai ser bom desde dos créditos quando mostra a equipe lutando ao fundo, enquanto Baby Groot dança ao som de “Mr. Blue Sky”, da Eletric Light Orchestra. Outro cara que rouba a cena é o Drax (Dave Bautista), pois é dele as partes mais engraçadas do filme, principalmente quando entra em cena uma personagem chamada Mantis (Pom Klementieff) e ela meio que sofre bullying por parte dele, embora não perceba por ser tão inocente. E o nosso guaxinim (panda para íntimos), é humanizado, deixando de ser apenas um animalzinho falante. Uma das peças principais no enredo são as filhas de Thanos, que com esse gancho serão uma grande ameaça para ele no filme dos vingadores.


O filme é colorido, deixando nós (fãs da Dc) com dor nos olhos, mas nada que venha estragar a nossa opinião sobre o filme. Além das suas semelhanças com Star War, por conta da Paternidade de Peter Quill (Chris Pratt), é um filme autêntico, emocionante e de certa forma sério.  E isso foi uma surpresa para os fãs, que esperavam apenas ri, mas dessa vez a Marvel consegui acertar o tom e dá para os fãs não só piadas, mas um enredo de tirar o folego.

Eu super indico o filme, não deixem de assisti, e não levantem antes das cenas pós-créditos.


13 comentários:

Autorais,

Uma Amanda vintage com uma nova perspectiva de vida

17:32 Amanda Hauane 6COMENTÁRIOS

Oi, ainda lembram de mim!?

Então...

Estou tentando nesse momento encontrar uma forma de dizer que eu não desisti de vocês, mas tudo que me vem à mente parece de certa forma uma desculpa esfarrapada, só que infelizmente é a verdade.

Quem me conhece sabe que eu faço Publicidade e propaganda, e com as greves do ano passado, o meu semestre foi adiado para esse ano, então quando o fim do semestre chegou eu não estava com tempo nem para respirar.

Eu parei de ler.
Parei de assisti.
Parei de existi.

Felizmente fui recompensada com ótimas notas, e um aprendizado de que organizar o tempo é necessário.

E é isso...
Voltei.

Com layout novo, e aspirações antigas.

Uma Amanda vintage com uma nova perspectiva de vida.

6 comentários: